Decisão! Viajando para novos rumos!


Há algumas postagens, eu falei sobre a saudade  de ser mãe.
Bem, há alguns meses, o meu 'sininho' de mãe, o mesmo que me alertou para o autismo, tem tocado novamente. Dessa vez é quanto a minha necessidade de estar perto do Artur, perto de uma maneira mais, ativa.
É claro que eu quero sair do meu trabalho há anos, a bem verdade é que tudo o q eu precisava era de um bom motivo para criar coragem, mas nos últimos meses a minha mente fica me perguntando até que ponto vale a pena trabalhar, me doar, fazer sacrifícios [por mais q não vejam eu faço], me empenhar por algo q eu não amo, que eu não acho q valha a pena.
Claro q atualmente eu gosto do meu trabalho, acreditem se quiser, mesmo tendo ouvido tudo o que eu ouvi, estou no paraíso, quem me conhece há mais de um ano sabe disso, pra quem não conhece, eu conto AQUI.
Então, como eu disse, estou no paraíso.
Mas, porém, contudo, todavia, entretanto, meu trabalho não está me satisfazendo, eu acabo deixando muitas coisas do Artur de lado para não me ausentar tanto, enquanto poderia investir mais num tratamento dele que tem q ser diário. O papai tbm cuida dele direitinho.
Bem, deixando de enrolar, vim contar aqui que eu decidi q em 2011 não tenho planos para minha vida profissional. 
Vou ficar em casa, cuidar do meu filho, da minha família, da minha alma também, eu quero um pouco de paz, um pouco de descanso. Quero andar de mãos dadas com meu filho, quero q ele me ouça, quero sua presença incessantemente em meu dia inteiro, quero me cansar de ouvir sua voz [impossível] e caminhar um pouco para relaxar.
Quero que saibam que eu não estou tomando uma decisão precipitada e que a minha saída não será definitiva.
Felizmente, ser funcionário público tem suas vantagens e eu posso pegar um afastamento de até 3 anos, claro que sem remuneração.
A parte triste é essa, já que como meu marido e eu temos o mesmo trabalho, nossa renda cairá pela metade.
Esse ano foi muito bom, consegui, na medida do possível, colocar nossa despesas em ordem e a falta da minha renda vai apenas tornar as coisas um tanto justas, mas Deus há de não deixar nos faltar nada.
Como eu disse, tem pelo menos 5 anos que eu tento deixar meu trabalho, mas sempre esbarrei na estabilidade que ele me traz, me acomodava, acreditava na minha capacidade de superação que achava q não era justo com meus filhos deixá-los à mingua.
Mas, se antes eu era uma pessoa forte, hj eu tenho o Artur, hj eu tenho a Laura maior, mais independente e me apoiando sempre. E isso não me faz  ter medo.
Sempre invejei pessoas que conseguiam trabalhar, sem sofrer, eu não conseguia e eu tinha medo, medo de perder meu trabalho.
Tive Síndrome do Pânico por causa do meu trabalho, duas crises depressivas gravíssimas por causa do meu trabalho e sinceramente, ele me traz lembranças ruins toda vez que eu penso nele.
Sinto náuseas novamente.
É por isso que eu não vejo mais motivos para dar prioridade a ele.
E eu não quero mais dar prioridade para meu trabalho. Ele não me traz futuro, ele não me leva a lugar algum além do caminho inverso aos meus filhos. Eu não quero mais mesmo!!
Em 2011, eu vou tentar, vou procurar uma renda alternativa, vejo pessoas que não tem um emprego como o meu passando dificuldades, mas quem falou que eu não passo??
Não será nada louco, nem precipitado, aliás, de precipitado não tem nada, mas eu tenho que conseguir.
Deixar sonhos de consumo para trás?? Acho q sim, não sei se vai dar para pagar o Inglês da Laura no primeiro semestre, mas eu preciso tentar.
Eu preciso me dar essa chance.
Pq ficar e deixar as coisas como estão, vai contra todos os meus princípios, eu nunca fui corajosa, mas nunca deixei de enfrentar meus medos. Eu nunca foi um exemplo de pessoa, mas eu sempre primei para verdade, pelo caminho do bem.
Eu nunca fui boazinha e obediente, mas essa hierarquia exarcebada qse acabou com a minha vida.
Preciso de paz, preciso dos meus filhos, preciso da minha casa. Eu fiquei 1 ano morando na casa da minha mãe, sonhando com o meu sobradinho fofo e hj, me pego tendo preguiça de varrer um chão, por me sentir desestimulada.
Tô aceitando dicas para uma renda extra. Quem tiver, pode me passar, por aqui, ou pelo ORKUT .
Toda boa ideia será muito bem vinda, agradeço desde já todas as pessoas que leem meu blog, mesmo q não comentem nada, mas q dedicam alguns minutos de seu tempo para ler minhas lamurias e a vcs que comentam ainda mais, muitas vezes entrei aqui me sentindo um restinho de gente e vcs me fizeram ver o quanto eu sou importante no mundo, no meu mundo, obrigada
E, vou continuar viajando, mas como piloto da minha vida e não como um passageiro qualquer.

*Ai ai chorando tanto agora.... *

Beijos
Share |

24 comentários:

rapha on 14 de novembro de 2010 14:12 disse...

Parabéns Beta, lindo blog *-*

Se cuidem

Raphael.

samya on 14 de novembro de 2010 14:19 disse...

Roberta, te apoio em qualquer decisao. Se voce acha essa a mais certa, estou contigo flor.
Nao me vem na cabeca agora nenhuma idéia pra lhe ajudar, mas vamos pensar mais... qualquer coisa te falo.
Te acho uma mulher super guerreira, te admiro muito. Tenho acompanhado teu blog ultimamente, mesmo sem mts vezes escrever por aqui, mas estou sempre acompanhando.
Um beijao super carinhoso em voce e continua assim, forte.

Anônimo disse...

amiga só vc mesma sabe de suas necessidades e de sua familia ,nao adie seus sonhos vá em frente e siga seu coraçao beijao dani e rapha

Anônimo disse...

que tal postar um livro pra ganhar dindim alem de uma satisfaçao pessoal acho que vc escreve tao bem suas ideias qdo leio parece que estamos cara a cara escrever é um dom amiga

EDNA disse...

AMIGA CMO TE CMPREENDO ESTOU NA MESMA SITUAÇAO Q SUA TBEM NAO TOU DANDO CNTA DO BEM ESTAR DO CLLEYBER E DO TRABALHO PARABENS PELA SUA CORAGEM ESTOU AQ PRO Q DER E VIER BJ EDNA

jakeline on 14 de novembro de 2010 16:58 disse...

Beta querida...
bem vinda ao clube então...fiz o mesmo...sai do meu trabalho para ficar com meus pequeninos...e te digo que nunca fui tão feliz!!!!
poder acompanhar de perto cada estapa deles...poder conviver com coisas que antes era impossível como partilhar um almoço em família durante a semana...e o melhor...eu mesma ter preparado o prato preferido!!!
Não acho que foi uma escolha ruim...uma amiga me falou assim...."olha profissional vc pode ser a qualquer tempo...mas acompanhar a evolução de seus pequeninos é agora...depois eles crescem e vc não terá outra chance..."
Tem alguns blogs interessantes para vc dar uma olhada...
http://maesempreendedoras.blogspot.com/2010/05/entrevistada-da-semana-mae-professora.html

e esse outro aqui é muito bom também....

www.ciadasmaes.com.br

Força amiga...e vamos juntas nessa...
super beijo...

Soraia disse...

Beta, essa é uma decisão bem difícil, mas se teu coração de mãe pede isso, talvez seja o melhor a fazer, tirar licença sem vencimento, mesmo.
Torço mto por você !!!
Vc podia começar vendendo cosméticos, tipo Avon e Natura. Ou aprender a fazer lembrancinhas de biscuit, ou vender roupas infantis pela internet. Um monte de gente sustenta a família assim.
Grande beijo !!!
Soraia.

Daniela disse...

Ro, minha flor:

Eu admiro muito a tua decisao!!!! Muito, Muito, Muito!!!!
Como ja te disse antes, eu preciso do meu trabalho em diversos sentidos, um deles e manter minha sanidade mental, mas, se minhas prioridades fossem outras, pode ter certeza de que tomaria a mesma decisao ACERTADA que vc esta tomando neste momento!
Sabe quando vc vai colher os frutos desta decisao??? Daqui a alguns anos, quando vc olhar bem para as suas razoes de viver e ve-los felizes, bem desenvolvidos, bem resolvidos, por ter uma mae que abriu mao de uma serie de coisas por ELES, para o BEM ESTAR deles.
Vc e muito corajosa, sim!!!! E tenho certeza de que nao ha de faltar bons negocios para vc desenvolver, podendo conciliar suas atividades com o seu papel principal: MAE.

Bjs azuis de uma "aspie" que te admira muito!!!!

Naza Bispo on 14 de novembro de 2010 21:32 disse...

Acho,voce uma mulher forte,e creio que conseguira o que deseja...parabéns

clau on 14 de novembro de 2010 21:51 disse...

amiga eu sei bem o que vc sente se vc pretende realmente fazer isso tem meu apoio total parabens pela sua atitude

N@nd@ on 14 de novembro de 2010 22:31 disse...

Oi, Jackie!
Eu, que estou do seu lado todos os dias no serviço, fui vendo essa sua vontade aumentar e aumentar, essa sua necessidade.
Antes te falei pra esperar, na época, realmente, as coisas estavam melhores.
Mas agora, agora não, elas estão chegando a um limite desagradável, então acho que é hora de vc se aliviar desse fardo e viver a vida para quem quer viver.
Rezo e espero que vc não fique deprimida por estar só em casa, por não estar trabalhando, por deixar outras coisas só nas costas do Evangelista.
Mas sei que vc não é o tipo de pessoa que fica parada, vc vai encontrar algo pra te complementar a renda, seja mexendo com cabelo, como conversamos.

Vc já mostrou muitas vezes que é forte e que supera as coisas, então é hora de vc mostrar sua força como uma mãe presente!!!

Beijos e boa sorte!


http://adolescenciabalzaquiana.blogspot.com/

Novo Rumo on 14 de novembro de 2010 23:26 disse...

Parece que as pessoas estão todas dando choque, rsrs vc ja sabe minha opnião estou sempre do seu lado conte comigo sempre, tenho certeza que vc fêz a escolha correta para o momento o futuro a Deus pertence eu ouvi uma vez que os passarinhos que nao fazem nada sobrevivem imagine vc.TE AMO muito. Agora vamos pra nova faze VC sabia que tenho um blog com esse nome? Novos Rumos?

Anninha on 15 de novembro de 2010 00:03 disse...

Amiga, eu não tenho sugestões pra te dar, mas sempre pensei que é bom ouvir a voz do coração. Se as coisas estão mais equilibradas financeiramente e dá pra dar um tempo pedindo licença, siga em frente, peça, experimente, se dê essa chance!

Eu queria muito encontrar uma direção diferente pra dar a minha vida, em um mês volto ao trabalho e me angustio só em imaginar o sofrimento que minha filha vai experimentar... infelizmente minha vida financeira não está nem perto de se equilibrar (mas o assunto aqui é vc, rsrsrs).

Boa sorte no ano novíssimo que terás!

E não esqueça: amo vcs!

lina disse...

Roberta, obrigada por dividir seu blog comigo . Isso me trouxe saudades de um tempo em que trabalha va com autista e com mães de autistas...Apoio sua decisão e te digo que é a melhor forma de ajudar seu filho.Sinti isso na minha atuação com meus pacientes, muitos se tivessem uma mãe ou um pai mais presente,teriam se desenvolvido muito mais e de forma mais fácil. Principalmente o contato materno é apoio maior que eles podem receber, é sua maneira de estar em contato com o "mundo.
Estou aqui para vc, sempre que precisar e quiser.
Bjs

Lu Ivanike on 15 de novembro de 2010 10:04 disse...

Beta, apioada 100%!!!!
Eu também decidi ficar em casa quando achei que a Dani mais precisou de mim e foi a minha melhor decisão! Hoje estou com a Alice e pretendo trabalhar com algo que possa me manter em contato direto com ela até os seus dois aninhos no mínimo! Acredito que será o melhor para vocês!!!
BEijos

Anônimo disse...

AMIGA

Eu sei o quanto vc é uma pessoa determinada, batalhadora e sabe buscar soluções alternativas em diversas situações.

Sinceramente vejo que vc está bem organizada nessa sua atitude do afastamento, e também acredito que é o melhor para vc , para o Tutis, para a Laurinha e para o seu marido. Pois vc terá tempo para se organizar com o tempo, curtir um passeio com a família, ficar pertinho das crianças.

Peço à DEUS que ilumine seu caminho e lhe abençõe nessa nova fase de sua vida.

OBSERVAÇÃO: Vou ver se posso lhe ajudar com alguma idéia de trabalho alternativo.

bjs.BETE

Anônimo disse...

AMIGA

Eu sei o quanto vc é uma pessoa determinada, batalhadora e sabe buscar soluções alternativas em diversas situações.

Sinceramente vejo que vc está bem organizada nessa sua atitude do afastamento, e também acredito que é o melhor para vc , para o Tutis, para a Laurinha e para o seu marido. Pois vc terá tempo para se organizar com o tempo, curtir um passeio com a família, ficar pertinho das crianças.

Peço à DEUS que ilumine seu caminho e lhe abençõe nessa nova fase de sua vida.

OBSERVAÇÃO: Vou ver se posso lhe ajudar com alguma idéia de trabalho alternativo.

bjs.BETE

Beta on 15 de novembro de 2010 17:29 disse...

Amigos queridos, quero lhes agradecer por todo ess apoio pq ele é de extrema importancia para mim.E saber q as pessoas que eu amo me apoio, é melhor ainda.

Beijos e mais beijos, obrigada!!

Mey on 16 de novembro de 2010 18:33 disse...

Rô, parabéns! Que coragem... tudo dará certo amiga, depois venho com idéias...
Bjos

Mey on 16 de novembro de 2010 18:34 disse...

Rô, parabéns! Que coragem... tudo dará certo amiga, depois venho com idéias...
Bjos

Juliana on 16 de novembro de 2010 20:20 disse...

Beta, eu te apoio, vc sabe disso.
Acho que esse afastamento será benéfico pra sua família toda e era só questão de tempo vc tomar essa decisão. Ou melhor, a decisão já estava tomada, faltava coragem apenas.
E ainda, se não der certo, vc volta.
Mas tenho certeza wue vc encontrará um rumo muito melhor nesse próximo ano.

um grnade beijo pra vc. Te amo.

Monka disse...

Olha querida... se serve de consolo, eu abandonei uma carreira de sucesso pra ficar com minhas filhas, e NÃO me arrependo.

É claro que, tem dias que me pergunto se fiz a coisa certa, mais aí eu lembro que fiz essa opção tão pura e simplesmente por que não queria ter minhas filhas sendo "cuidadas" por pessoas estranhas.

Tem dias que, eu confesso, fico estressada sim, porque não é fácil tanta dedicação! Mas, o importante que no final do dia, vejo o quanto elas estão bem, cheias de saúde física e mental e aí é que percebo, o quanto sou FELIZ!

As coisas materiais, são importantes sim, mas dá pra adiar os sonhos de consumo pra um momento mais tranquilo, sereno e completo de felicidade.

Boa sorte!

Eu te acho uma guerreira!

andresa disse...

Beta estou com vc em todas as suas decisões, sendo elas quais forem. VC é guerreira e eu sei que nesta nova etapa da sua vida vc ira enfrentar muitas provas e limitações, mais tudo vale a pena. ter nossos bebês bem pertinho de nós compensa qualquer coisa.
Estou mega orgulhosa de vc saiba disto
e se por algum motivo vc decidir voltar a traz te apoio integralmente . JA APRENDI A TE ADMIRAR E A AMAR TODA A SUA FAMILÍA ASSIM COMO A MINHA !!!
BJS FORÇA

Beta on 19 de novembro de 2010 19:58 disse...

Meninas e meninos, mais uma vez, muito obrigada pelo apoio e Seja o q Deus permitir!!!

O Meu Melhor

Desde o começo

Blog Archive

 

Viagem de mãe ♣ ♣ ♣ Mamanunes Templates ♣ ♣ ♣ Inspiração: Templates Ipietoon
Ilustração: Gatinhos - tubes by Jazzel (Site desativado)