Novidades em boa hora


Não sei se eu já disse aqui, mas eu sou diagnosticada como portadora de transtorno bipolar, então, as minhas gangorras da vida são bem mais altas e conturbadas q a das pessoas "normais".
Eu sou como meu filho, não reajo bem a frutrações, tenho crises depressivas e euforicas q podem me fazer colocar muita coisa a perder.
Mas não é de mim q eu quero falar, aqui eu até falo de mim, pq eu sou a MÃE que viaja por aqui, mas eu viajo no amor q sinto por meus filhos.

Bem, hj eu fui a Santos. Na Casa da Esperança e confesso q finalmente o nome da instituição teve significado para mim.
Fomos na triagem com a Assistente Social (Miriã), q por sinal é uma amor de pessoa.
Ela nos explicou como funcionava a casa e na medida que eu ouvia a maneira que essa instituição tão bonita e bem cuidada era organizada e mantida por DOAÇÕES, eu senti meus olhos se encherem de lágrimas e por mais q eu sequer imaginasse quem faz isso, eu os amei, amei de todo coração.
Ela falou sobre a fila de espera, afinal, a instituição atende gratuitamente e é feita uma triagem.
Para nossa felicidade, ela foi muito atenciosa e prestativa, conversou com a Neurologista da instituição e conseguiu nos marcar uma avaliação para o Artur. Isso foi muito, muito bom mesmo.
Então, a coisa funciona asim: Fizemos uma triagem com a Assistente Social, agora faremos uma avaliação com a neurologista que vai verificar qual é a real necessidade do Artur e depois teremos uma avaliação com a equipe que a neurologista escolher para ver qual vai ser a linha de tratamento do Artur.
Se tudo der certo e o Artur se enquadrar nessa linha de tratamento, iremos para lá duas vezes por semana.
Sem data para terminar. 
Mesmo assim eu estou muito, muito feliz por ver uma parte da minha angústia se desenrolar, por ter conseguido esperança novamente, pq eu realmente estava pedendo, sentindo-me definhar de tristeza, por mais desesperador q possa parecer, a verdade é que eu estava ficando desesperada mesmo.

Obrigada Deus, obrigada Miriã, obrigada a todas as pessoas q fazem o bem sem olhar a quem e q dessa forma oferecem tratamento a pessoas como eu q não podem custear uma boa qualidade de vida para um filho como ele que realmente precisa.

♥ ♥ ♥ ♥ ♥
Share |

4 comentários:

Juliana Lopes on 12 de junho de 2010 00:30 disse...

Ai que bom, Beta!!
Espero que seja só o primeiro passo pra um monte de coisas boas que virão.
Bjs em vc, no Artur e na Laura.

Beta, uma mulher em transformação on 14 de junho de 2010 10:47 disse...

Amiga, eu estou mesmo muito empolgada com tudo isso.
Deus permita q dê certo mesmo e q meu filhote consiga fazer as terapias q ele precisa.

Bla bla blás de uma gravidez... on 15 de junho de 2010 14:54 disse...

Amiga... estou torçendo pra que dê tudo certo, e que a Casa da Esperança traga cada dia mais esperanças pra vc, uma mãe com muitas espectativas para com seu filho!

Beta, uma mulher em transformação on 17 de junho de 2010 09:39 disse...

Obrigada Fabi! Principalmente por me ler. Bjo

O Meu Melhor

Desde o começo

Blog Archive

 

Viagem de mãe ♣ ♣ ♣ Mamanunes Templates ♣ ♣ ♣ Inspiração: Templates Ipietoon
Ilustração: Gatinhos - tubes by Jazzel (Site desativado)