Não vou desistir, nem desanimar


A cena é a seguinte: Natal!
Eu sempre fiz questão de que meus filhos soubessem o que é o natal. Creio que já tenha dito isso AQUI. Nossa casa sempre teve árvore de natal, presépio, ceia, presentes e nunca nos esquecemos do verdadeiro significado dele.
Depois que viemos para nossa casa e o autismo entrou nela conosco, confesso que foi muito difícil comemorar os natais.
Montar a árvore e ver o rostinho de Artur encantado com as luzes e nada mais era estranho, às vezes doía, mas eu fiz.
Nunca desisti de nada, mas também nunca criei expectativas.
No primeiro ano ele colocou um carrinho na árvore e se encantou.
Dezembro de 2012 com 4 anos

A minha emoção foi indescritível.


Dezembro de 2013 com 5 anos.
Em 2013, ainda que aleatoriamente ele tentou participar e colocou o controle remoto.
E a gente nunca desistiu.
Esse ano, 2014, Artur mudou muito.
Assim como disse que em 2009 tive a impressão de que alguém tivesse trocado meu filho e colocado outro no lugar, esse ano a história se repete.
Artur não é mais o mesmo.
Hoje decidi, não faço ideia do porquê, mudar a data de montar a árvore. Sempre montamos dia 6 de dezembro, mas como ultimamente nossa vida é uma loucura incerta, resolvi adiantar.
Cheguei do trabalho e pedi para Ana Laura descer as coisas para montarmos, os 4.
A caixa da árvore ficou no chão e Artur me pediu para tirá-lá da caixa. Achei que era uma curiosidade comum e tirei.
Subi para tomar um banho e deixei os dois na sala.
De repente, Ana Laura me chama meio que apavorada para ver algo, desci correndo assustada e a cena que encontrei foi essa:





Peço que relevem a qualidade do vídeo, fomos pegos de surpresa, Artur sequer está vestido porque hoje fez muito calor, mas eu não podia deixar de dividir com vocês a felicidade que é ver meu filho entender as coisas.
Ele ainda não sabe quem foi Jesus, não conhece o papai noel, mas eu sei e vendo essa cena, sei o quanto merecemos esses acontecimentos.
Sempre choro quando venho aqui, esse é um dos motivos pelos quais decidi não vir mais.
Não quero mais mostrar o mundo do autismo como mundo do choro, quero mostrar o mundo do autismo como o mundo das conquistas, porque eu escolhi conquistar, não chorar.
E que a vida nos contemple com muitas postagens por aqui.


Share |

1 comentários:

ANDRE GONÇALVES DA SILVA on 2 de setembro de 2015 16:32 disse...

31 conversas que mostram por que sua mãe deve estar no WhatsApp

http://www.mestresabe.com/2015/08/31-conversas-que-mostram-por-que-sua.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/

O Meu Melhor

Desde o começo

Blog Archive

 

Viagem de mãe ♣ ♣ ♣ Mamanunes Templates ♣ ♣ ♣ Inspiração: Templates Ipietoon
Ilustração: Gatinhos - tubes by Jazzel (Site desativado)