Engatinhando no Autismo!!




Escrevi o texto abaixo ontem de noite pensando no q poderia dizer ao repórter q viria fazer uma reportagem comigo e outras duas mães de autistas na minha cidade.

Essas duas mães são maravilhosas, praticamente sozinhas conseguiram organizar um evento não grandioso, mas de uma grandiosidade sem fim.
E eu acabei entrando meio q no meio do assunto para ajudar no q pudesse ser útil.
Lutamos bastante para conseguir muitas coisas, nenhuma delas foi fácil, mas conseguimos organizar uma comemoração para o Dia Mundial da Conscientização do Autismo.
Mas eu digo, se ter um filho com necessidades especiais é difícil, querer conscientizar o mundo q eles existem é bem mais.
Conseguimos até contato com uma emissora de TV, mas não deu muito certo, infelizmente.

Conseguir organizar um evento como esse, sozinhas nos estimulou muito, mas eu sinto medo.
Eu nunca fui de ter medo, até sofrer tudo o q sofri em 2009, se antes eu achava q uma pessoa forte era a q não sentia medo, hj, se eu estivesse realmente certa, não sou mais forte, pq eu tenho medo demais de tudo, de todos e de tanta coisa.

Mas estou feliz, conseguimos ser ouvidas, vamos estar na praça central da minha cidade, vamos conversar com pessoas.
Terão apresentações de grupo de dança, capoeira e se Deus quiser, quem sabe daqui uns anos essas apresentações não sejam de crianças portadoras de Autismo?
É um sonho que eu hei de realizar.
A igreja matriz de minha cidade estará sim iluminada de azul a noite e iremos esperar anoitecer para ver a iluminação e somente depois terminar o evento.
Isso me emocionou demais!! Estou muito feliz e orgulhosa.
Torçam por mim!!
O evento é amanhã a partir das 16hs.
Conseguimos tbm transporte gratuito para pessoas irem ao evento, conseguimos doações de camisetas, doações para os balões, doações para o algodão-doce, conseguimos que o site da Prefeitura divulgasse nosso evento de uma maneira tão fofa. Enfim, conseguimos vencer, sozinhas, sem precisar se comprometer com ninguém q não fosse nossos filhos e tudo isso me deixou não só orgulhosa de mim, mas tbm das outras duas mães.
Minha cidade tem mais autistas e eles tem mães, pais, mas nem todos tem ânimo, tempo, disposição para enfrentar essa luta.
Eu realmente não sei se tenho, mas quero e vou tentar.

Mais uma vez peço: Torçam por mi!!
Depois venho com as novidades.

Beijos!!

"O autismo faz parte de um grupo de desordens do cérebro chamado de transtorno invasivo do desenvolvimento (TID).
Esse transtorno pode comprometer três aspectos importantes na vida de uma pessoa:
1 - A comunicação: autistas podem apresentar dificuldades como a ausência de fala, ou fala inadequada. Essa dificuldade na comunicação, causa frustração que muitas vezes é confundida com birras e mimo.
2 - A dificuldade de se relacionar com as pessoas: algumas vezes num caso leve de autismo, por exemplo, faz com que eles passem por pessoas tímidas.
3 - O intelecto: onde varia desde sérios comprometimentos do cérebro, até casos
de diversas habilidades mentais, os chamados 'superdotados'.

Estima-se que exista 1 criança autista para cada 110 crianças nascidas e q devido a esse número possam existir a 2 milhões de Autistas no Brasil.

Isso significa que existem mais crianças portadoras da Síndrome do Espetro Autista, nome oficial do autismo, do que crianças com Diabetes, AIDS ou CÂNCER.
É de extrema importância divulgar não somente o q é autismo, mas tbm suas formas de de diagnóstico e tratamento.

O Autismo precisa ser conhecido, ENFRENTADO e diagnosticado.
Um diagnóstico precoce é fundamental, pois qto mais cedo um autista é estimulado, melhores são as respostas, melhor é o seu desenvolvimento.

Precisamos acabar com o mito de q o Autista vive o 'seu mundo próprio', pois ele
vive conosco, nos ouve, tem suas vontades, seus desejos, comunica-se com outras pessoas, pode sim e deve se desenvolver como qualquer outra pessoa.
É por isso q lutamos para divulgar, para que todos tenham acesso ao que é o autismo.
Porque não precisamos lutar apenas pelo direito ao tratamento, mas também pelo direito à informação e ao diagnóstico q é o mais difícil."

Share |

3 comentários:

Anônimo disse...

Ro, não precisa temer, tudo dá certo por grandes causas como esta.
Estou orgulhosa de ter uma amiga lutadora como vc.
Eu já disse que vc é mulher expetacular.
Hj tbém estou de azul. Não passei a noite de azul pq não tenho pijama azul, mas hj estou de azul.
E já postei no meu face que hoje é o dia.
beijos
Elaine

Uma mãe que viaja on 2 de abril de 2011 20:46 disse...

Muito obrigada querida, vc é um amor!!
O q seria de sua amiga espetacular, sem uma pessoa como vc ao meu lado.

Beijos

marcelinho- um anjo em nossas vidas on 5 de abril de 2011 18:44 disse...

Oi!! Tenho um filho com epilepsia severa e paralisia cerebral,mas já questionei todos os médicos dele sobre o autismo e nenhum me afirmou com certeza. Entendo sua luta e sei o quanto é difil tudo, mas que vale a pena vale!! Pois se nós não lutarmos por eles ninguém o fará!! Muita luz no seu caminho!! Tatiane
tatiane.viegas@pop.com.br

O Meu Melhor

Desde o começo

Blog Archive

 

Viagem de mãe ♣ ♣ ♣ Mamanunes Templates ♣ ♣ ♣ Inspiração: Templates Ipietoon
Ilustração: Gatinhos - tubes by Jazzel (Site desativado)