Nos rendendo a 2013!


As viradas de Ano não foram generosas conosco há uns bons anos.
Sempre um de nós trabalhando e qdo juntos tentávamos aproveitar ao máximo.
Desde que Artur nasceu ficou mais complicado ainda.
O primeiro ano novo dele eu trabalhei na hora da virada.
No outro ano Artur não curtiu os fogos na praia e os últimos 2 ficamos em casa tendo do desprazer de assistir ao decadente Show da Virada.
Mas nós sempre mantivemos nosso otimismo.
Por mais que a tristeza tomasse conta de nós algumas vezes, sempre lutamos com otimismo.
Sem mtos planos, sem expectativas, nós fomos apenas aprendendo a seguir o curso conforme o potencial de nosso filho.
Pensar que num ano ele arriscava passos, no outro lutávamos contra uma alergia que o fazia mto mal, e nesse ano buscando uma estabilidade diferente para mtos, mas possível.
Artur nos surpreendeu mto esses anos todos.
O autismo tem algo massacrante em seu histórico: ele não permite que façamos projeções, que tenhamos expectativas, que façamos prognósticos.
Tudo depende de forças maiores, da força que temos, da força que damos aos nossos filhos e isso nem sempre quer dizer que tudo vai melhorar.
Artur está menos alheio às coisas. Durante todo o final de semana ouvia fogos e procurava algo no céu.
Não me perguntem o que ele achava que era, não sei, nunca mais mostramos fogos de artifício para ele desde o ano novo que ele ficou apavorado e chorando.
O Ro desejava mto que fôssemos à praia ver os fogos, pular ondas e, principalmente, observar o comportamento do Artur.
Eu tive medo.
Gente, é mto difícil fazer essa divisão, sabe?
Artur não é o único filho que eu tenho, não é a única pessoa de nossa família e tem sim prioridades, mas não posso me esquecer dos outros, afinal, tbm os amo tanto quanto.
Para não chatear ninguém pedi para o marido esperar até a meia-noite. Moramos relativamente perto da praia, se tudo desse certo, iríamos à praia ver os fogos e pular as 7 ondas.
A tão esperada meia-noite chegou, levamos Artur para a rua e para a nossa, ou pelo menos minha surpresa, Artur AMOU.
Ficou encantado, hipnotizado e eu sequer vi os fogos, só para mostrá-lo do outro lado qdo acabava onde ele estava olhando, ele hipnotizado pelos fogos e eu pela sua conquista.
Daí, pra mim, o tempo congelou, sabe?
Nós fomos andando até a praia e mostrando a ele os fogos, fazendo festa e ele todo feliz, observando tudo, adorando.
Na praia, Artur não curtiu mto a "muvuca" de pessoas e ficou nervoso, mas aceitou por conta dos fogos que continuavam.
Então fomos todos para beira do mar, pulamos as famosas 7 ondas e eu simplesmente não lembrei de fazer pedido algum.
Pedir o que se tudo estava tão perfeito?
Se eu não conseguisse apreciar a sublimidade desse momento, pq teria motivos para pedir mais?
Esqueci, pulei as ondas com um amor e uma felicidade há tempos não sentida antes.
Pulei ondas apenas lembrando cada desafio que pulei os últimos anos.
Pulei ondas por amor, por ter a minha família.
Por compreender que eu não preciso de uma festa no ano novo, que a felicidade nesse dia nada mais é  do que transformar esse momento numa festa.
Que venha 2013!
Tenho um desafio profissional IMENSO esse ano, mas ainda não posso contar.
Mas de verdade, Deus me surpreendeu de uma forma tão JUSTA, tão supreendente, e desafiadora, exigindo de mim uma nobreza de espírito que ainda não me sinto preparada, mas já abri a minha mente e as portas do meu coração para superar.
O reconhecimento de todo meu esforço nos últimos 3 anos chegou, tanto com relação ao meu filho, a minha filha, meu casamento e agora a vida profissional.
Vou pedir o que?
Desejo apenas que eu continue essa pessoa forte e guerreira que eu sou.

Feliz 2013 para todos!!


Share |

3 comentários:

Reflexões de Mamãe on 3 de janeiro de 2013 10:04 disse...

Foi exatamente assim que eu fiquei quando vi os olhinhos de felicidade do Garotão ao perceber os fogos!!! Meu filho também se encantou...
Então, só de lembrar a carinha do meu, eu fico imaginando a sua imensa felicidade em ver o seu filhão curtindo esse momento tão lindo!
Um incrível 2013 para vocês! Com lindas vitórias, muita força!!!

Roberta, uma mãe que viaja on 3 de janeiro de 2013 22:38 disse...

Ah que bom que teve alegrias por aí tbm. Desejo o mesmo para vcs!!♥

Keiza Donadel on 10 de janeiro de 2013 19:42 disse...

Parabéns pela coragem de se arriscar!!
Ensina-los a se comportar em novas situações , certamente é uma missão muito difícil!
Fico feliz que tudo tenha dado certo e continue mostrando o mundo à ele...
isso é extremamente importante!
Parabéns por essa vitória!


Keiza Donadel
www.autismojundiai.blogspot.com.br

O Meu Melhor

Desde o começo

Blog Archive

 

Viagem de mãe ♣ ♣ ♣ Mamanunes Templates ♣ ♣ ♣ Inspiração: Templates Ipietoon
Ilustração: Gatinhos - tubes by Jazzel (Site desativado)