Ai, os médicos!


Depois de tantas emoções aqui, eu acabei não contando em detalhes que fomos a um psiquiatra e depois a uma neurogista. E mais, que foi um fiasco. Mas tudo é aprendizado nessa vida, não fosse a perda de tempo, eu nem me irritaria.
Conseguimos uma consulta pelo SUS, pq não sei se vcs sabem, mas mesmo tendo plano de saúde, dinheiro para pagar, é importante que se tenha um laudo do SUS, não se sabe o dia de amanhã.
Então começamos as peregrinações e nela, uma consulta com o único psiquiatra infantil na nossa Região de inclui cerca de 10 cidades ou mais.
O dia da consulta é bem cansativo, os médicos do SUS chegam quando querem, atendem qdo querem.
O médico era estranho, mas quem não é?
Ele não dizia nada, só ouvia e anotava no computador.
Não entendi o silêncio, mas respeitei.
Ele fez um exame clínico no Artur, sentou-se novamente e voltou a escever algo no computador.
Ele começou a dizer algumas coisas sobre o q o Artur tinha, mas não se referia ao diagnóstico e somente quando o Ro perguntou o q nosso filho tinha, ele disse secamente: Autismo Infantil. Mas colocou o CID 10 F84 sendo q o CID correto seria F84.0, acreditem, mas existe diferença.
Enfim, pelas coisas q ele disse, ele não trata as classes de autismo como Espectro Autista.
Pedi a ele q escrevesse um laudo para q eu levasse à Casa da Esperança e ele escreveu duas linhas com o CID.
Fiquei impressionada com a falta de interesse sobre nós, sobre nosso filho e me fazendo questionamentos: A falta de interesse dele se dava à nossa calma, ao fato de nosso filho já estar encaminhado em terapias ou simplesmente ele não se interessa mesmo?
Depois ele nos perguntou se queríamos q Artur tomasse remédios e eu respondi q não, mas quem deveria saber se era necessário ou não, era ele, o médico.
E ele disse q Artur naõ precisava de remédios e nos dispensou. Perguntei qdo voltaríamos e ele me disse q não era preciso, a não ser se Artur apresentasse alguma piora.
Mas, esperem!! Q piora??? O q é autismo infantil??? As terapias q Artur faz são as indicadas??? Estamos no caminho certo???
Bem, saímos de lá, do mesmo jeito, com um laudo q ao meu ver só serve para a Casa da Esperança e frustrados.
Não sei o q exatamente um psiquiatra deveria fazer num caso como o nosso, mas tenho plena certeza dentro de mim de q não é nada do q ele nos mostrou.
 Na semana passada foi a Neuropediatra. Já que o psiquiatra ao meu ver foi um fiasco, fomos atrás desta especialidade. Aqui quem marca é a central de marcação de consultas do município e achei estranho quando vi uma consulta marcada para a minha cidade, mas, seguindo o protocolo, fomos.
Chegando lá, de cara notei que era uma Neurologista e não uma Neuropediatra.
Daí, tudo se tornou um saco já que agora esperávamos apenas para pegar um encaminhamento para uma neuropediatra em outra cidade [Odioooo!].
Quando entramos na sala, logo explicamos à médica a real situação e ela  disse q realmente não poderia nos ajudar e enquanto preenchia, foi proferindo absurdos q talvez, alguém sem instrução fosse perdoado por tal, mas vindo dela, ficou constrangedor.
"Seu filho não parece autista!" [Com o q o Autista tem q parecer??]
"Os autistas vivem no mundo deles e seu filho participa do nosso mundo." [Alguém já viu autistas na Lua?¬¬]
E eu como não poderia aguentar, proferi a minha indignação por, mesmo q indiretamente, ser chamada de uma mãe deveras preocupada à toa, procurando pelo em ovo:
"Dra, sabia q nesse 1 ano em q estamos de consultório em consultório, dentre pediatras, fisioterapeutas, fonos, neuropediatras, psiquiatras, gatroenterologistas, oftalmologistas, professores, o vizinho e até a internet, a Sra é a 1ª pessoa que diz q meu filho não tem CARA DE AUTISTA??
Os autistas não tem um mundo própio, eles tem dificuldade de se relacionar com as pessoas, tem atraso mental ou não, tem dificuldades na fala.
Uma criança pode ter Espectro Autista e características de autismo, mas não é necessariamente um autista."
Enfim, fiz uma pausa, não queria dar uma aula para ninguém, até pq eu não tenho conhecimento específico de nada. Peguei o meu humilde encaminhamento para a Neuropediatra e voltamos à estaca zero.

SER MÃE ESPECIAL É FAZER TODOS OS DIAS EXERCÍCIOS DE PACIÊNCIA E EU TENHO VISTO QUE NEM SEMPRE A PACIÊNCIA TEM Q SER EXERCITADA COM NOSSOS FILHOS.
ENTÃO, SÓ TENHO A PEDIR MUITA PACIÊNCIA PARA ESSE NOSSO DEUS!
PQ EM CERTAS HORAS, DÁ VONTADE DE MANDAR UM TANTÃO DE GENTE À PQP.
aI aI.......
Share |

5 comentários:

lari on 23 de novembro de 2010 19:02 disse...

betta eu irei divulgar o seu blog para todas as pessoas q eu conheço pq sei q do mesmo jeito q eu gostei outras pessoas vao gostar

posso fazer propraganda?

Beta on 25 de novembro de 2010 11:14 disse...

Lari, obrigada, pode fazer sim, eu vou amar.
Beijos

Andreia Vieira on 28 de novembro de 2010 09:18 disse...

to chocada com o descaso, valha-me Deus... essas pessoas estudam, se formam, e se o compromisso deles não for com o ser humano, com o seu bem estar vai ser com quem então??? afffffffffffffffffffff viu....

Beta on 28 de novembro de 2010 09:31 disse...

Andrea, é assim mesmo, deplorável, a saúde está doente há muito tempo.

Anônimo disse...

eu to chocada com tamanha ignorancia desses medicos, aff

O Meu Melhor

Desde o começo

Blog Archive

 

Viagem de mãe ♣ ♣ ♣ Mamanunes Templates ♣ ♣ ♣ Inspiração: Templates Ipietoon
Ilustração: Gatinhos - tubes by Jazzel (Site desativado)